Debate com Secretaria de Fazenda marca inicio de transmissões ao vivo do CRCDF

IMG_9214

Debate com Secretaria de Fazenda marca inicio de transmissões ao vivo do CRCDF

O Malha Fiscal foi o assunto do debate com a Secretaria de Fazenda do Distrito Federal, promovido pelo CRCDF e SESCON/DF, na quarta-feira (24), no mesmo dia em que foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal, a Instrução Normativa que agrupa parâmetros e diretrizes para operacionalizar o Malha Fiscal.

No encontro conduzido pelo Presidente do CRCDF – Adriano Marrocos, com o apoio do Presidente do SESCON/DF – Élies de Paula Soares, o Secretário Adjunto da Secretaria de Fazenda do DF (SEF) – Wilson José de Paula, o Subsecretário da Receita da SEF – Hormino de Almeida Junior e o Coordenador de Fiscalização Tributária da SEF, Fernando Carvalho Antero, falaram sobre as dificuldades enfrentadas pelos profissionais acerca do Malha e inconsistências nos valores fixos do ISS e ICMS.

O encontro foi transmitido ao vivo pela TV CRCDF (tanto pelo canal do CRCDF no Youtube, quanto pela fanpage no Facebook) e marcou o início de uma série de transmissões que o Conselho deve promover com o intuito de ampliar o leque de profissionais participando de debates.

De acordo com o presidente do CRCDF, Adriano Marrocos, a ferramenta será muito usada daqui pra frente pelo alcance de público que permite. “A decisão de utilizar esse processo hoje decorreu do fato de que tínhamos pouco tempo para organização e que seriam muitos colegas, em todas as regiões administrativas, para mobilizar”. Ainda “É importante que os profissionais continuem enviando perguntas para o endereço ouvidoria@crcdf.org.br, pois vamos repassar a Secretaria de Fazenda, que já se comprometeu em responder para que possamos dar este retorno aos profissionais”, afirmou Marrocos.

Durante mais de uma hora os representantes do GDF ouviram e debateram com os profissionais questões específicas. Muitas delas que foram listadas nas reuniões da Comissão criada pelo CRCDF (Grupo de Imtegração CRCDF e SEFDF) que vem trabalhando desde o início do ano buscando contribuir com sugestoes para melhoria e aprimoramento do AgenciaNet e discutir questoes ligadas à Malha Fiscal.

O grupo coordenado pela contadora Renata Barroso de Souza levou questões como problemas enfrentados em relação às notas fiscais emitidas para os órgãos públicos. ” Às vezes o cliente emite uma nota de simples remessa para um órgão público para garantir o recebimento e, posteriormente, é emitida uma nota substitutive. Essa operação está gerando multa como se fosse erro na escrituração, e o secretário se comprometeu a rever”, explicou o contador Jakson Cleiton Aires.

Para o coordenador de Fiscalização Tributária da SEF, Fernando Carvalho Antero, essa interação reflete de maneira muito positiva lá no Fisco. “O cumprimento das obrigações de forma correta é o nosso objetivo e já evoluímos bastante por ouvir as contribuições de profissionais de contabilidade. A gente sabe que erra e estamos dispostos a corrigir os erros”, ressaltou, e aconselhou aos profissionais que leiam atentamente as orientações contidas na Instrução Normativa publicada hoje: “As orientações evitam o erro, o que é melhor que corrigi-lo mais tarde”.

Quem também avaliou de forma positiva foi o subsecretário da Receita, Hormino de Almeida. “É uma primeira versão, as dúvidas são naturais. Faremos encontros semanais e lá estaremos à disposição para esclarecer pontos, divergências e dúvidas em relação ao Malha Fiscal. O contador é quem ajuda a empresa a pagar seus impostos, então ele é sempre visto como um parceiro nosso”, destacou.

O presidente do CRCDF explicou que esse é um passo de uma caminhada que vem sendo construinda já há algum tempo. “O processo de aproximação com a SEF continua e nós vamos marcar novos encontros e vamos divulgar também novas transmissões ao vivo”, anunciou. Ao final, Marrocos agradeceu aos integrantes do Grupo de Integração CRCDF e SEFDF e que contribuíram de sobremaneira com o evento.

Fonte: CRCDF